domingo, 29 de janeiro de 2017

CARMINHO: O Album de Estreia

Edição original em CD EMI 50999 966521 2 1
(PORTUGAL 2009, Maio 22)

Maria do Carmo de Carvalho Rebelo de Andrade conhecida como Carminho (Lisboa, 20 de Agosto de 1984), é uma fadista portuguesa. Nasceu numa família de músicos, sendo a sua mãe, Teresa Siqueira, e o seu irmão, Francisco Andrade, também cantores. Apesar de ter começado a cantar desde criança, só aos 22 anos decidiu fazer carreira musical depois de uma longa viagem pelo mundo que demorou 11 meses que a ajudou a tomar essa decisão. Diz que não precisou de coragem e explica simplesmente que é feliz a cantar o fado. Tem passado por várias casas de fado como A Taverna do Embuçado, Petisqueira de Alcântara e Mesa de Frades. Esteve na Suíça, numa quinzena temática portuguesa e com esse grupo, Tertúlia de Fado Tradicional gravou quatro canções (“Toca Pr’á Unha”, “O Vento Agitou O Trigo”, “Fado Pombalinho” e “O Fado da Mouraria”) do CD “Saudades do Fado”, editado em 2003. Participou nos espectáculos da feira do toiro realizados em 2003 e 2004 em Santarém e aquando das cerimónias de adesão de Malta à União Europeia actuou no país a convite da Embaixada Portuguesa. Em 2005 cantou num espectáculo, que teve lugar no Teatro Camões, oferecido pelo presidente da Turquia ao presidente Jorge Sampaio. Ainda em 2005 recebeu o prémio Amália, na categoria de Revelação Feminina.


Em 2006 colaborou nas gravações do disco “O Terço Cantado” que recebeu a bênção apostólica do Papa Bento XVI. As músicas são de Ramon Galarza e as vozes são dos irmãos Carmo Rebelo de Andrade e Francisco Rebelo de Andrade (participante no programa “Operação Triunfo”). Carminho participou no filme “Fados” de Carlos Saura de 2007. O disco com a banda sonora inclui a faixa “Casa de Fados” com a participação de Vicente da Câmara, Maria da Nazaré, Ana Sofia Varela, Carminho, Ricardo Ribeiro e Pedro Moutinho. Em Maio de 2008 participou num concerto de Tiago Bettencourt, também actuou na Casa da Música, na Expo Zaragoza 2008 e foi convidada para o espectáculo comemorativo dos 45 anos de carreira de Carlos do Carmo, no Pavilhão Atlântico. Nesse mesmo ano interpretou “Gritava contra o silêncio”, excerto de um conto de Sophia de Mello Breyner Andersen, no primeiro disco de inéditos de João Gil. Foi apontada pelo site Cotonete como um dos Nomes a seguir no ano de 2009. O disco de estreia, este “Fado”que aqui se disponibiliza, foi produzido por Diogo Clemente. Participa na campanha de 2011 do Pirilampo Mágico gravando o single “Ser Feliz” com Ney Matogrosso. É um dos vários nomes convidados para o disco “Os Fados e as Canções do Alvim” de Fernando Alvim. Colabora também com Pablo Alborán no tema “Perdonáme” que foi um grande sucesso em Espanha e Portugal e em “Lusa” de Pedro Luís.

1 comentário:

ATTILIO disse...

I love all these disc of fado. Adoro. Can You put others in Your site?

Thank You so much...



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...