sexta-feira, 30 de setembro de 2016

THE BEATLES: "Twist and Shout"


Original released on Parlophone GEP 8882 (mono)
(UK 1963, July 20)

Este foi o primeiro EP lançado pelos fab-four, de longe aquele que maior sucesso alcançou: um total de 57 semanas de permanência nas tabelas de venda do Reino Unido (21 delas em 1º lugar), de onde apenas saíu mais de um ano depois, a 15 de Agosto de 1964. Ainda voltaria a entrar por duas vezes nas tabelas com mais um total de 7 semanas. Constituído por 4 temas retirados do album de estreia do grupo, “Please Please Me” (editado quatro meses antes, a 22 de Março), dois deles são covers e os outros dois da autoria de John Lennon. “There’s a Place”, segundo o próprio Lennon, foi uma tentativa de aproximação ao som Motown, que naqueles inícios da década de sessenta colocava Detroit no centro das atenções, influenciando dezenas de novos grupos, incluindo também os próprios Beatles, então ainda a darem os primeiros passos na sua lendária carreira. “Do You Want To Know A Secret” foi composto por John no apartamento onde recentemente iniciara a vida conjugal com Cynthia Powell e que tinha sido disponibilizado ao jovem casal por Brian Epstein como prenda de casamento. Na verdade, o apartamento (localizado no centro de Londres, um rés-do-chão do nº 36 de Faulkner Street) era apenas alugado por Brian que o mantinha há já algum tempo para discretos encontros homossexuais. 



Tema inspirado numa canção incluída no filme de animação da Disney “Branca de Neve e os Sete Anões” e que a mãe de John lhe costumava cantarolar em criança, reflecte bem o seu estado amoroso no início da vida de casado. John chegou a gravar uma maqueta da canção com guitarra acústica, mas depois foi George Harrison que a interpretou para o album de estreia. Na altura foi também gravada pelo grupo Billy J. Kramer and The Dakotas, chegando esse single ao topo das tabelas inglesas. Ainda hoje é um dos temas meus preferidos de toda a primeira fase dos Beatles. Das duas covers o destaque vai inteirinho para “Twist and Shout”, que dá o nome ao EP e que é, sem qualquer dúvida, a definitiva interpretação do célebre tema de Phil Medley e Bert Russell, gravado originalmente pelo grupo americano The Isley Brothers, em 1962. Julgo que terá sido uma das canções que tanto Lennon como McCartney gostariam de ter escrito. De acordo com a lenda, quando os Beatles já tinham concluido as gravações para o album, no dia 11 de Fevereiro, ainda restava um pouco de tempo livre no estúdio e decidiram gravar o tema numa só take. Deve ter sido uma das situações em que a garganta de John Lennon mais se ressentiu em toda a sua vida.

3 comentários:

alain disse...

Bonjour et merci pour toute cette musique,mais pour ce disque où est le lien ??

alain

Juan Jose Caldara| disse...

cuantoss !! recuerdos!!!!!!!!!!!!!!!!!! lo tuve en primicia aca en argentina!!!!! gran dico graciasss !! por tan bella musica !!!!

Walter Rizzo disse...

Amigo, boa noite. O blog é de muito bom gosto. Eu o acompanho faz tempo. Meus parabéns.
Gostaria de avisar que o link desta obra está informando:

File does not exist on this server

Se puder reparar isso eu agradeceria muito.

obrigado e grande abraço.

W. Rizzo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...