quinta-feira, 14 de Maio de 2009

SILVINHA ARAÚJO: 1967 >>> 1971

A brasileira Sílvia Maria Vieira Peixoto Araújo nasceu a 16 de setembro de 1951, em Mariana, e foi criada em São João Del Rey (ambos os locais situados em Minas Gerais). Começou a cantar por volta de 1963, apresentando-se na rádio e programas culturais, com o coral de músicas folclóricas organizado pela mãe, uma professora de música. Em 1965 a família muda-se para Belo Horizonte, onde a jovem, com apenas 14 anos, participa no programa da TV Excelsior, “Só Para Mulheres”. Dois anos depois, já no Rio de Janeiro, é descoberta no programa do Chacrinha e grava o seu primeiro compacto para a Odeon, “Vou Botar Pra Quebrar / Feitiço de Broto”, ambos os temas assinados por Carlos Imperial. Estamos em 1967 e Silvinha apanha ainda o comboio da Jovem Guarda, movimento musical em que terá o seu apogeu, ao lado de ícones como Roberto Carlos ou Wanderléa. Em 1971 grava o terceiro e último album para a mesma editora, album esse que marca uma mudança radical quer no repertório quer na maneira de cantar, que se aproxima mais do blues – chega a ser apelidada nessa altura como a Janis Joplin brasileira.
Então já casada com Eduardo Araújo, outro nome importante da Jovem Guarda, Silvinha interrompe a sua carreira artística durante toda a década de 70, dedicando-se à gravação de jingles publicitários (será rara a campanha brasileira que não tem a sua voz por detrás, tantos foram os jingles por ela gravados – diz-se que cerca de dois mil). Nos anos 80 é jurada de concursos de caloiros (no programa dominical de Sílvio Santos) e grava ao lado dos nomes mais conceituados do Brasil. Lança o album “Suave é a Noite” em 2001, repleto de temas românticos e diversas participações especiais, e seis anos depois, em parceria com o marido, edita um DVD comemorativo dos 40 anos da Jovem Guarda. Silvinha vem a falecer a 25 de Junho de 2008, em São Paulo, com apenas 56 anos, vítima de um cancro na mama.

8 comentários:

classic disse...

Je continue encore cette merveilleuse découverte de voix que j'ignorais, en voyageant loin dans le monde, mais dans une époque gui m'est plus ou moins connue!

miguel rodrigues disse...

Amigo rato
obrigado por essa bela compilaçâo
da saudosa Silvinha,um disco com qualidade sonora ótima(marca registrada da rato records)
abraços
miguel(rio de janeiro)

ClaytonC2 disse...

Por favor seria possível me enviar o Link Para baixar "As canções de Silvinha Araújo", desde já agradeço.

claytonc2@superig.com.br

ClaytonC2 disse...

Por favor seria possível me enviar o Link Para baixar "As canções de Silvinha Araújo", desde já agradeço.

clayton.c.2@hotmail.com

ClaytonC2 disse...

Gostaria de receber o Link para baixar o Cd da Silvinha Araújo
"As canções da Silvinha" , é possível?

Obrigado

clayton.c.2@hotmai.com

vangodias disse...

é possível disponibilizar o link do disco, gostaria de tê-lo

Vangodias

Anónimo disse...

GOSTARIA DE OBTER O LINK DO DISCO DA SILVI

Rato disse...

O link encontra-se no blogue "The Old Collector"